Noite de Oscar

O seu maior companheiro da temporada de premiações

Oscar 2021 – Roteiros adaptados para ficar de olho

Como já foi falado nas nossas apostas antecipadas de roteiro original, os filmes que adaptam obras (livros, peças, etc) não são tão reconhecidos quanto aqueles que se desenvolvem originalmente. No entanto, visto as reações iniciais de Nomadland e One Night in Miami, teremos um Oscar 2021 fora da regra. Conheça os filmes com roteiros adaptados que podem brilhar nessa temporada de premiações e levar até o maior prêmio do Academia.

Adaptando o livro Nomadland: Surviving America in the Twenty-First Century, de Jessica Bruder, Chloé Zhao vem com tudo para a temporada de premiações com seu filme Nomadland . Recém-vencedor do Leão de Ouro e presente em três dos maiores festivais de cinema do mundo (Veneza, NYFF e TIFF), a indicação da diretora é certeira pra categoria. O livro de Jessica Bruder entrou para a lista dos 100 Melhores Livros do Ano do NY Times e possui aclamação generalizada pela crítica e pelo público.

Nomadland (2020), Chloé Zhao – Searchlight

Expandindo para um horizonte de mega-sagas, Denis Villeneuve adapta o clássico da ficção científica Dune. A obra de Frank Herbert tem história: do projeto megalomaníaco de Jodorowski a um filme condenado como um dos piores do cinema, o projeto ganha forma agora na mão do diretor franco-canadense em seu primeiro trabalho como roteirista em mais de 10 anos. A indicação, se a campanha for bem sucedida, não é o problema. A vitória do WGA, quase imprescindível para chegar a estatueta, é o grande empecilho para o filme. A guilda de escritores americanos tem um grande problema com adaptações de obras grandemente reconhecidas. Um bom exemplo é ano passado com Little Women, adaptado por Greta Gerwig, que estava cotado para a vitória e acabou perdendo o WGA e o Oscar para Jojo Rabbit, um livro indiscutivelmente menos popular que a obra de Louisa May Alcott. As adaptações da grandiosa saga de Tolkien também não deram sorte: tanto The Fellowship of the Ring quanto The Return of the King perderam no WGA. Porém, no Oscar, os dois filmes se tornaram vencedores e fenômenos culturais. Se Denis quiser que sua ficção-científica seja bem sucedida, ela terá que seguir os mesmos passos das adaptações de Peter Jackson. Sem pressão, é claro.

Dune (2020), Denis Villeneuve – Warner Bros.

News of The World, de Paul Greengrass, é outra obra adaptada que poderá brilhar na categoria. A obra original foi escrita por Paulette Jiles e é definida pelo National Book como uma “história de aventura, cheia de perigos e incidentes; um western meticulosamente pesquisado e processado; e um poema em prosa de duzentas páginas com as virtudes usuais da poesia de compressão, ressonância, beleza e poder.” Greengrass escreve o filme junto com Luke Davies, indicado na categoria em 2016 com Lion – o qual levou o BAFTA de Melhor Roteiro Adaptado. O filme com certeza irá ter o apreço da porção britânica da Academia, podendo repetir o sucesso de outros filmes de Paul como United 93 e Captain Philips (esse último também uma parceria com Tom Hanks).

Vanessa Taylor, roteirista de The Shape of Water, retorna as premiações com Hillbilly Elegy, filme da Netflix dirigido por Ron Howard. O filme adapta um memoir de J. D. Vance sobre sua família de Kentucky e sua relação com os problemas sociais de sua cidade natal, em Ohio, para onde os pais de sua mãe se mudaram quando eram jovens. As chances de Vanessa ser indicada são boas quando confrontadas com o histórico de Howard, que possui dois filmes indicados a Melhor Filme e também em Roteiro Adaptado. Além disso, Vanessa já foi indicada ao Emmy e ao WGA por seus roteiros na série Game of Thrones.

Ma Rainey’s Black Bottom, filme dirigido por George C. Wolfe e escrito por Ruben Santiago-Hudson, é outra adaptação que com certeza não passará despercebida pela Academia. Adaptando a peça de 1982 que leva o mesmo nome, o filme narra as experiências do povo afro-americano em relação a arte, religião e raça em paralelo com a exploração de cantores negros por produtores brancos. A Netflix ainda não revelou detalhes sobre o filme, por causa do falecimento recente do ator Chadwick Boseman, mas acreditamos que o filme deve ganhar notícias em breve.

Os cinco:

1. NomadlandChloé Zhao

2. Dune Jon Spaihts, Denis Villeneuve e Eric Roth

3. News of The World – Paul Greengrass e Luke Davies

4. Hillbilly Elegy – Vanessa Taylor

5. Ma Rainey’s Black Bottom – Ruben Santiago-Hudson
Outros nomes:
The Father
One Night in Miami
Next Goal Wins
West Side Story
I’m Thinking of Ending Things



André Luis

Gosto de rinha de filme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo