Oscar 2021 – Atores para ficar de olho

Indo de Da 5 Bloods até Judas and the Black Messiah, a corrida para a estatueta de Melhor Ator esse ano será decidida numa complexa mistura da qualidade dos filmes, no tato desses com a política americana e no desenrolar da campanha do estúdio durante o pandemia. Provavelmente, não veremos um vencedor da tríade pré-oscar (GG, SAG e BAFTA) como aconteceu com Joaquin Phoenix ano passado. Pelo contrário, a corrida poderá ser lotada de surpresas e de vários vencedores, acirrando a disputa pela estatueta em abril.

A reação da industria frente a batalha dos numerosos filmes de streaming com os lançamentos clássicos nas cadeias de cinema também será um fator decisivo na categoria – principalmente com as mudanças na elegibilidade da premiação. Uma postura mais aberta as plataformas digitais é esperada, num entendimento conjunto dos perigos que a pandemia ainda apresenta. Porém, com a reabertura dos cinemas, a parcela responsável (produtores e exibidores) podem partir ofensivamente contra qualquer outro tipo de lançamento, visando proteger somente os seus – como já meio que acontece (rs).

De qualquer forma, a grande vantagem no momento está indubitavelmente sobre a Netflix, que entregou Delroy Lindo numa performance primorosa no novo de Spike Lee. É impossível prever sua vitória nesse momento, porém é tão impossível quanto imaginar sua ausência nos indicados da categoria. Se tudo ocorrer de forma correta, com a indicação de Da 5 Bloods em direção e filme, podemos dizer que o ator será o frontrunner absoluto da temporada. A mesma coisa vale para o outro lançamento do streaming: Mank. Com David Fincher na direção e uma história amplamente conhecida pela industria, Gary Oldman poderá conquistar votantes fervorosos ao interpretar o grande roteirista Herman J. Mankiewicz. O filme ainda não possui data de estréia confirmada, porém é esperado que a produção chegue as telas nas últimas semanas de Outubro.

Nas telonas, os nomes que brilham são de Anthony Hopkins (The Father) e Tom Hanks (News of the World). O primeiro, já aclamado em Sundance, irá dar as caras novamente no começo do próximo mês no Festival Internacional de Toronto. O segundo irá esperar um pouquinho mais e irá aparecer na “clássica” janela de exibição da temporada: 25 de dezembro. Será a segunda parceria de Hanks com o diretor britânico Paul Greengrass, o qual conseguiu emplacar seis indicações a estatueta com Captain Philips – além de várias indicações ao longo dos anos no BAFTA. Por último, está Daniel Kaluuya em Judas and the Black Messiah, filme dirigido pelo novato Shaka King. Interpretando Fred Hampton, presidente do Partido dos Panteras Negras, Kaluuya dividirá a tela com Lakeith Stanfield, que viverá William O’Neil, criminoso que fez um acordo com o FBI culminando na morte de Hampton. O filme será uma aposta do estúdio (Warner Bros.) em meio aos debates raciais nos Estados Unidos, podendo causar uma mobilização parecida com a que ocorreu com Moonlight (2016). O filme tem estréia marcada para 2021, provavelmente antes da deadline do Oscar que fecha no começo do Março.

Entre outros nomes, a serem mais explorados, estão: Bill Murray, por On The Rocks. Matt Damon, por Stillwater. Michael Fassbender, por Next Goal Wins. O último, juntamente com o elenco de The French Dispatch, depende da decisão da Searchlight de lançar o filme esse ano ou no próximo. Ficamos então com a seguinte lista:

Os cinco provavéis:

1. Delroy Lindo – Da 5 Bloods (Netflix)
2. Gary Oldman – Mank (Netflix)
3. Tom Hanks – News of the World (Universal)
4. Anthony Hopkins – The Father (Sony Classics)
5. Daniel Kaluuya – Judas and the Black Messiah (Warner Bros)

Outros nomes:

Bill Murray – On the Rocks (Apple/A24)
Trevante Rhodes – The United States vs Billie Holiday (Paramount)
Michael Fassbender – Next Goal Wins (Searchlight)
Matt Damon – Stillwater (Focus Features)
Dev Patel – The Personal History of David Copperfield (Searchlight)

Mais informações irão surgir com o Festival de Veneza, no dia 3, e com o Festival Internacional de Toronto, no dia 10. Fique ligado com o Noite de Oscar para a cobertura completa.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous post Oscar 2021 – Canções originais para ficar de olho
Next post 8 filmes para ficar de olho que talvez você não tenha ouvido falar